sexta-feira, 27 de julho de 2012

John Piper – Não Desperdice Sua Vida: A Realidade de Deus e a Centralidade de Cristo [Pregação Completa]

Nesta mensagem pregada por John Piper em sua última vinda ao Brasil, somos lembrados de que temos uma única vida para viver, e depois dela entraremos na eternidade e estaremos face a face com Deus....

Ao falar sobre sua infância, John Piper sempre enfatiza o quanto aprendeu de seu pai acerca da seriedade desta vida que temos. Nós temos uma única vida para viver, e depois dela entraremos na eternidade e estaremos face a face com Deus. Estamos prontos para esse encontro?

Neste sermão pregado na Universidade Mackenzie, na última vinda de Piper ao Brasil, ele mais uma vez nos exorta a não desperdiçarmos nossas vidas e explica que a vida não desperdiçada é aquela que é vivida para Deus e que encontra toda a sua alegria em Deus. É na realidade de Deus e na centralidade de Cristo que está a verdadeira felicidade.

Quando abandonamos a Deus em troca de prazeres menores, jogamos a nossa vida fora. Quando consideramos Deus como o nosso supremo tesouro, então desfrutamos da única vida que vale a pena.
Você tem desperdiçado a sua vida? Pare de fazê-lo imediatamente e volte-se para Ele!




Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com/

http://metodologiadoestudo.blogspot.com/

http://direitoreformacional.blogspot.com/

http://biologiareformacional.blogspot.com/ 


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com/

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Sem isto você não pode ser um calvinista legítimo. Amando a DEUS enquanto no mundo (A Centralidade de Cristo em nossas atitudes).

Atitudes [Pregação Completa]

A centralidade de Cristo em nossas atitudes

Texto Base: Daniel 3
Eu comecei com o pensar e agora falarei de nossas atitudes, isso porque para a atitude ser correta, a mente tem que ser antes transformada.
Quero novamente deixar claro que mundanismo não é um local onde você possa estar, mas um vírus que pode contaminar tudo o que você faz, quer você esteja na igreja ou não. Deixe-me dar alguns exemplos de atitudes mundanas que nos infectam:
  • Quantos de nós, mesmo sendo cristãos, trabalhamos pensando no final de semana, dando graças a Deus que é sexta-feira? Isso porque pensamos que o trabalho é um fardo e que o bom é se divertir e gastar dinheiro. Essa é a forma que o mundo pensa. Um cristão entende que durante a semana, no trabalho, ele está em seu campo missionário e que no final de semana ele se recarrega e prepara para trabalhar de segunda a sexta.
  • Será que buscamos relacionamentos somente baseado em afinidade? Ou você busca amigos com o intuito de mostrar graça, como Jesus que andava com prostitutas, publicanos?
Saiba que o mundo impõe e pressiona um estilo de vida sobre todos, assim como Nabucodonosor impôs a adoração ao seu ídolo. E, infelizmente¸ muitos cristãos cedem a essa pressão. Por exemplo, você considera ter algumas dessas atitudes?
  • Imagina você escolher ter um namoro onde você escolhe ter pouco contato físico, porque você sabe que muito contato físico pode levá-lo ao pecado. Nós queremos namorar como o mundo namora, mas não queremos lidar com as consequências.
  • Imagina você optar por um emprego que paga menos, porque você pode passar mais tempo com sua família e sua igreja.
  • Imagina você jovem optar por não voltar tarde no sábado, porque depois é domingo e tem escola dominical. O mundo diz que sábado é o dia de passear e nós acabamos pensando e agindo dessa forma.
  • Imagina você deixar de assistir o jogo do seu time no domingo para praticar atos de misericórdia. O dia do Senhor para Jesus era o dia que Ele agia de forma redentiva.
Que tipo de pensamento e atitude tem dominado você?
Saiba também que o mundo não irá aceitar se você decidir seguir a Cristo. O mundo primeiro impõe seu estilo de vida e, se tentamos resistir, ele irá tentar nos persuadir e se, mesmo assim, permanecermos fiel, o mundo nos perseguirá. Não foi isso que Nabucodonosor fez a Sadraque, Mesaque e Abede-Nego?
É por isso que Paulo diz que “todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos” (2 Tm 3:12). Se você viver piedosamente em Cristo ou as pessoas que vivem do seu lado irão se converter ou odiá-lo. Os três amigos não sabiam o fim da história, mas mesmo assim, ao custo da vida deles, não se dobraram ao mundo. Eles estavam dispostos a perder a vida por amor ao Deus deles.
Porém, no final da história, Deus honrou a fé dos três amigos. Perceba que Deus não tirou seus servos da tribulação, mas os livrou em meio da tribulação. Deus não livrou do fogo, mas no fogo (Isaías 43:1,2). Deus mostrou que estava com aqueles que creem nele. Quão importante é sabermos que Cristo está conosco. Não é fácil evangelizar neste mundo tão pagão, mas Cristo promete estar conosco (Mt 28:19,20). Não é fácil repreender um irmão em pecado, mas Cristo promete estar conosco (Mt 18:15-20). Receba isso do Senhor: Ele promete ser o centro de nossa vida se enfrentarmos a fornalha.
E, por fim, perceba que dois benefícios surgem quando somos provados e aprovados:
  1. nossa fé cresce
  2. testemunhamos ao mundo – assim como Nabucodonosor reconheceu o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego.
Que Deus nos dê coragem para confiar neste Deus mesmo no meio das provações e ter uma atitude livre.





Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:

http://academiaemdebate.blogspot.com